quarta-feira, 26 de outubro de 2011

SR. MÓSCA


Olímpio José Mosca Ovelha, natural de Setúbal, freguesia de S. Julião onde nasceu em 6 de Agosto de 1921, filho de José Luís Ovelha e Maria José Mosca Ovelha.
Estudou em Setúbal em cujo liceu foi finalista em 1937 e teve como colega o famoso advogado Sidónio Pereira Rito.
Casou na capela das aparições em Fátima em 17 de Setembro de 1947, com a D. Maria Helena Lopes Pacheco.
Consta no Arquivo Distrital de Vila Real que tirou o passaporte em 22 de Julho de 1965 – B.I. 1017119 de Lisboa.
Trabalhou como gerente na agência da Régua até 1967, tendo sido substituído pelo Dr. José da Silva Casanova.
Quando este foi nomeado para director do Secretariado Operacional, convidou o Sr. Mósca para chefe de serviços e foi este que durante anos foi o verdadeiro motor do Secretariado Operacional. Ali trabalhei com ele vários anos e posso testemunhar as qualidades de dirigente, justo e honesto e controlador de homens. O Secretariado Operacional fazia as normas e instruções do Banco, que seguiam para todas as agências e serviços e que substituíam as desatualizadas instruções gerais. 
Havia alguns episódios que nos convenciam de que nem todos os colegas estavam para perder tempo com a leitura destas normas operacionais e quando tinham alguma dúvida sobre a forma de agir operacionalmente, ligavam diretamente para os colegas do Secretariado Operacional para pedir esclarecimentos.
Uma vez um Departamento Central fez uma consulta por escrito ao Secretariado Operacional e foi-lhe respondido. Porém, passado um mês da resposta, telefonaram do Departamento Central para o Secretariado Operacional a perguntar pela resposta.
- Mas já foi respondido há cerca de um mês…
- É possível. Sabe, nós aqui quando vem algum escrito do Secretariado Operacional (normalmente normas e instruções), deitamos logo para o lixo…
No geral, porém, as instruções saídas do Secretariado eram bem acolhidas pelos serviços, que tinham um empregado encarregado de guardar e colecionar para consulta dos colegas. 
Quando foi nomeado para o Secretariado Operacional o Dr. Herlander Machado para substituir na direção o Dr. José da Silva Casanova, o Sr. Mósca foi colocado como sub-director no Departamento de Crédito do Sul e Ilhas. Estou convencido que não teria sido alheio a esta promoção do Sr. Mósca, não só a prova que deu de qualidades no Secretariado Operacional como também a sua experiência e saber de operações do Banco.
Em 1986 reformou-se como diretor adjunto.

1 comentário:

  1. Grande Chefe, Grande Pessoa, Grande Amigo, que recordo com saudade...

    ResponderEliminar